Saúde

Alimentos que ajudam a regular o nível de colesterol

Foto: Chris Jackson/Thinkstock/Getty images 

Nutricionistas apontam doces e alimentos industrializados como vilões, que muitas vezes passam despercebidos. Ontem (8), dia Nacional de Combate ao Colesterol, o Ministério da Saúde voltou a divulgar os resultados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), onde 12,5% dos brasileiros e 11,5% dos goianos estão com colesterol alto.

A alteração está intimamente ligada aos hábitos alimentares. Todos os alimentos ricos em gorduras trans: aqueles listados como ultraprocessados (clique aqui e conheça alguns deles), ricos em gorduras saturadas: carnes vermelhas, bacon e embutidos (linguiça, salsicha e salame) e o excesso de carboidratos refinados também podem alterar o nível de colesterol.

Enquanto todos esses produtos precisam ser deixados de lado, outros tantos podem se tornarem aliados no combate ao colesterol. Entre eles estão os alimentos ricos em fibra, que ajudam a diminuir a absorção de gordura, aveia, cereais integrais, quinoa, farinha de berinjela, chia e linhaça.

Recentemente, uma pesquisa realizada por pesquisadores da Universidade Politécnica de Marche, na Itália, com a colaboração das universidades de Salamanca, Granada e Sevilha, na Espanha, apontou que comer meio quilo de morango por dia ajuda a reduzir o colesterol ruim em 13,72%. O estudo concluiu ainda a redução de 8,78% do colesterol total e 20,8% de triglicerídeos.

Enquanto isso, na Universidade Federal de Santa Catarina, os cientistas descobriram que chimarrão, chá verde e chá mate também ajudam a controlar o colesterol. A pesquisa indicou que o consumo de um litro diário desses elementos, durante um período de 40 a 90 dias podem reduzir de 10 a 15 mg/dL do colesterol ruim.

Matérias relacionadas