Notícias

Bolsonaro autoriza Caiado a estudar cassação da Enel

Foto: Twitter @ronaldocaiado

O governador de Goiás se reuniu ontem (30) com o ministro da Secretaria de Governo da Presidência, Luiz Eduardo Ramos, para discutir a pauta da privatização da Celg. Segundo informações da coluna Radar, da revista Veja, empresários e agropecuaristas do estado estão reclamando há muito tempo dos serviços prestados pela Enel.

Desde janeiro a empresa italiana vem sido alvo de protestos constantes e teve a pior avaliação de qualidade nos serviços prestados, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), por duas vezes consecutivas. Além disso, desde o retorno dos trabalhos da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), deputados abriram uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar o processo licitatório aberto para privatização da Celg.

“Não iremos descansar enquanto isto não se resolver”, disse o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Zé Mário Schreiner, em fevereiro, durante manifestação em frente à sede da Enel. “Os produtores e a sociedade, de forma geral, chegaram num ponto em que não aguentam mais a qualidade da energia distribuída em Goiás, aliado a isso, uma das maiores tarifas do Brasil, reforçou.

No último final de semana, em evento em Jataí, no sudoeste goiano, Caiado voltou a mirar na companhia. “[A Enel] está impedindo que as indústrias venham para o nosso estado por falta de energia”, disse aos produtores rurais. Ele falou ainda que não pode esperar mais pelas melhorias e que estava cobrando “resultados imediatos”.

Em nota a empresa de distribuição disse que não recebeu nenhuma notificação oficial do Governo Federal sobre o caso. “Desde que assumiu o controle da distribuidora, a Enel Distribuição Goiás tem investido 3,5 vezes mais do que os níveis históricos anteriores à privatização, com melhorias significativas nos índices de qualidade medidos pela Aneel”, explicaram.

E continuou, “como resultado desse plano de investimento, a Enel Distribuição Goiás recentemente foi premiada, pelo segundo ano consecutivo, como melhor distribuidora na categoria Evolução do Desempenho da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee)”.

A empresa concluiu a nota afirmando que continuará investindo na expansão da capacidade de energia e na modernização da rede de distribuição, para melhorar a qualidade do serviço em Goiás.

Matérias relacionadas