Notícias

Bolsonaro é diplomado presidente em Brasília

Foto: Evaristo Sa/AFP

A cerimônia aconteceu ontem (10), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com cerca de 700 convidados. O diploma, entregue pela presidente do TSE, ministra Rosa Weber, habilita Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão a tomarem posse como presidente e vice em 1º de janeiro de 2019.

Em seu discurso Bolsonaro disse se sentir “honrado com a confiança demonstrada pelo povo brasileiro” e garantiu que defenderá a democracia. “Nosso compromisso com a soberania do voto popular é inquebrantável”, completou.

A presidente do TSE afirmou que as diplomações “constituem a expressão da vontade popular que nelas foi democraticamente manifestada, com absoluta segurança e total lisura”. Lembrando da comemoração do 70º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos e da Declaração Americana dos Direitos e Deveres do Homem, a ministra ainda falou que “cada indivíduo é detentor de igual dignidade e senhor de direitos e liberdades inalienáveis,entre os quais o direito à vida, o direito à liberdade, o direito à segurança em sua projeção global e o direito de ter direitos”.

Ainda durante o discurso, Bolsonaro, afirmou que será presidente de todos e governará para todos. “Agradeço muito, especialmente aos mais de 57 milhões de brasileiros que me honraram como seu voto. Aos que não me apoiara, peço a confiança para construirmos juntos um futuro melhor para o nosso país. A partir de 1º de janeiro, serei o presidente de todos os 210 milhões de brasileiros e governarei em benefício de todos, sem distinção de origem social, sexo, cor, idade ou religião”, declarou.

Matérias relacionadas