novembro 18, 2019
Saúde

Governo Federal aposta no medo em nova campanha de preservativos

O Ministério da Saúde lançou ontem (31) uma nova campanha contra infecções sexualmente transmissíveis, a intenção é apostar no medo para garantir o uso de preservativos. O projeto será composto por filmes que demonstram a reação das pessoas ao ver fotos de pessoas contaminadas por algumas das infecções.

A campanha irá ao ar entre os dias 1º de novembro e 15 de dezembro e foi orçada em R$ 15 milhões. Segundo o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta foi categórico ao justificar a intenção do projeto. “Ela pode aumentar o medo de a pessoa pegar a doença”, disse.

Matérias relacionadas