Notícias

Governo tira a obrigatoriedade do uso de simuladores de direção

O ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, anunciou ontem (13) o fim da obrigatoriedade do uso dos simuladores para as pessoas que estão em processo de expedição da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A medida foi aprovada durante a reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Outra modificação decidida na reunião de ontem foi a redução de 25 para 20 horas/aula de aulas práticas para a categoria B. “A gente já vinha falando […] e hoje estamos tirando a obrigatoriedade dos simuladores, que passam a ser facultativos”, disse o ministro. O prazo para implantação da nova regra é de 90 dias.

“O simulador não tem eficácia comprovada, ninguém conseguiu demonstrar que isso tem importância para formação do condutor. Nos países ao redor do mundo ele não é obrigatório, em países com excelentes níveis de segurança no trânsito também não há essa obrigatoriedade. Então, não há prejuízo para a formação do condutor”, finalizou Tarcísio.

Matérias relacionadas