Saúde

Lei garante reconstrução da mama em casos de câncer

A Lei n° 13.770, que garante cirurgia plástica reconstrutiva da mama em casos de mutilação decorrente de tratamento do câncer, foi publicada ontem (20) no Diário Oficial da União. De acordo com o texto os procedimentos conhecidos como simetria da mama e reconstrução do complexo aréolo-mamilar passam a ser obrigatórios e partes integrantes da cirurgia.

Quando existirem condições técnicas a reconstrução da mama deverá ser efetuada imediatamente, de acordo com a lei. Se não for possível a paciente terá acompanhamento e a cirurgia terá que ser realizada o mais rápido possível, assim que existirem condições clínicas para o procedimento.

A lei entra em vigor em 180 dias.

Matérias relacionadas