dezembro 14, 2019
Notícias

Morre torcedor do Vila Nova que foi espancado em Goiânia

Foto: imagens de câmera de segurança

O jovem de 17 anos, torcedor do Vila Nova, que foi agredido a pauladas na última sexta-feira (2) antes do jogo do Tigrão contra o Paysandu no Serra Dourada, estava internado em estado gravíssimo na Unidade de Tratamento Intensivo (HTI) do Hospital de Urgências de Goiás (Hugo).

A agressão aconteceu no Setor Nova Vila, em Goiânia, e foi registrado por câmeras de segurança. A Polícia Civil já havia identificado os suspeitos e agora, com a morte, o caso passou a ser investigado pela Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH).

O delegado que estava responsável pelo caso, Izaias Pinheiro, afirmou que os suspeitos fazem parte da torcida organizada do Goiás Esporte Clube. Um deles, comerciante de 23 anos, prestou depoimento e alegou que estavam se “vingando” de outra agressão que um deles teria sofrido há cerca de 60 dias. Esse fato anterior ainda não foi identificado e também não se sabe se a vítima integrava o grupo envolvido na briga.

A DIH divulgou nota informando que só irá se pronunciar “ao final das investigações, tendo em vista que estas correm em sigilo absoluto”. O pai da vítima disse que o filho não integrava torcida organizada e inclusive sempre pedia para ao filho não frequentar os estádios por medo da violência.

O crime começou quando 20 torcedores do Vila Nova caminhavam por uma calçada quando três carros os alcançaram, os agressores desceram dos veículos e correram atrás dos vilanovenses. As vítimas foram socorridas por uma viatura da Rotam que fazia patrulhamento no local e acionaram o Corpo de Bombeiros.

Matérias relacionadas