Notícias

Mudanças na Previdência afetam quem vai se aposentar

O cálculo das aposentadorias por tempo de contribuição muda hoje (31), as novas regras foram implementadas por lei criada em 2015. A norma exigirá um ano a mais para homens e mulheres se aposentarem, ou seja 86/96.

De acordo com a fórmula que deixou de valer, 85/95, a soma da idade e do tempo de contribuição era de 85 para as mulheres e 95 para os homens. Assim sendo, uma mulher que tinha que trabalhar por 30 anos, precisaria ter pelo menos 55 de idade para se aposentar.

A partir de hoje, para se aposentar ela precisa de ter no mínimo 56. Mas a diferença não está somente nesse cálculo, a Lei 13.183/2015 prevê uma nova soma em 31 de dezembro de 2020 e mais adições nos anos seguintes. Ou seja, 87/97 em 2020; 88/98 em 2022; 89/99 em 2024 e; chegará em 90/100 em 2026.

A única coisa que não mudou foi a aposentadoria, chamada de proporcional, onde o contribuinte pode requerer depois de completar o tempo mínimo de contribuição: 30 para as mulheres e 35 para os homens, em qualquer idade. Na prática, esse fator previdenciário, reduz o valor da aposentadoria de acordo com a quantidade de anos que ainda faltam para completar a idade mínima.

Matérias relacionadas