dezembro 14, 2019
Notícias

Mudanças no trânsito de Nerópolis entram em pauta em audiência pública

Aconteceu hoje, 29, no auditório da Biblioteca Municipal, uma audiência pública para esclarecer a população neropolina sobre as implantações e revitalizações da sinalização vertical e horizontal da Região Central de Nerópolis. Além disso, a comunidade foi informada de algumas mudanças de sentido duplo para sentido único em algumas ruas.

O engenheiro de trânsito, Luiz Fernando Duarte explicou todos os pontos do “Projeto Executivo de Sinalização Viária Horizontal e Vertical”. Estudo do Departamento Municipal de Trânsito que será inserido em nossa cidade, começando pela Região Central e, em breve, todo o município.

O projeto terá início no Centro e no Parque das Américas, porque é “a área mais crítica da cidade”, segundo o engenheiro que já está pesquisando o tráfego há mais de três meses. Para o presidente da Câmara Municipal de Nerópolis, Padre Valdemar Barbosa, “é preciso organizar o trânsito, antes que chegue ao nível do caótico”.

Algumas das propostas apresentadas incluem: implantação e revitalização da sinalização das paradas obrigatórias e das faixas de pedestres, essas serão locadas em frente às escolas, bancos, hospitais e órgãos públicos. Uma novidade no projeto é a pintura de áreas de conflito, para evitar paradas nos cruzamentos das esquinas da rua Pedro José de Carvalho com a Narceu de Almeida e com a Josefina Ludovico.

“É preciso organizar o trânsito, antes que chegue ao nível do caótico”.

Padre Valdemar Barbosa, presidente da Câmara Municipal de Nerópolis

Outras coisas pouco conhecidas pelos motoristas são as áreas de recuo de segurança, para ampliar o campo de visão nos cruzamentos, que serão implantadas em todas as esquinas da área inicial do projeto. Essa sinalização indica que é proibido estacionar a cinco metros das pontas das ruas.

Vagas de estacionamentos preferenciais para portadores de necessidades especiais, idosos, bombeiros, veículos oficiais, ambulâncias e ônibus escolares também serão locadas próximas à órgãos públicos, praças, escolas e hospitais. Mas o que mais intrigou a população e, de certa forma, era o que todos estavam esperando, foi a mudança de sentido duplo para sentido único em algumas ruas.

Sentido único

A rua da Praça Antônio Dutra, próximo à Prefeitura Municipal, terá sentido único da Rua Getúlio Vargas para a Rua Josefina Ludovico de Almeida (fig. 1). A Rua Aderbal Antunes será apenas no sentido da Rua Getúlio Vargas para a Agenor Caldas. Além delas a Rua Goiânia será no sentido contrário às anteriores, da Narceu de Almeida para a Getúlio Vargas (fig. 2).

Fig. 1
Fig. 2

A maior mudança será na Viela 2, das Rua Anita Garibaldi em direção à Rua Josefina Ludovico de Almeida, que além do sentido único também será proibido estacionamento nesse trecho (fig. 3). Lembrando que pelo Código Brasileiro de Trânsito é proibido estacionar sobre as calçadas.

 Fig. 3

Fiscalização

O período de implantação depende, agora, da finalização do projeto, aprovação do mesmo e licitação da obra. O prefeito Gil Tavares afirmou que as intervenções devem começar no próximo ano. Quando essas etapas forem concluídas o prazo é de 20 dias para implantação e de um a dois meses para a conscientização e educação, depois disso tanto os agentes de trânsito quanto a Polícia Militar (PM) estarão autorizados a fiscalizar e punir os infratores.

Questões como carga e descarga e estacionamento rotativo são de responsabilidade da prefeitura, cabendo a ela a definição de espaços e horários, desde que solicitado pelos lojistas. A população aprovou o projeto e apenas contribuiu para que sejam realizados novos estudos para melhorar o tráfego em áreas não contempladas no plano inicial.

Matérias relacionadas