Economia

Salário mínimo sobe para R$ 998, mas fica abaixo do que foi aprovado pelo Congresso

Em um dos primeiros decretos assinados pelo presidente Jair Bolsonaro está o aumento do salário mínimo de R$ 954 para R$ 998. O valor entrou em vigor ontem (1) e o decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União.

O valor ficou abaixo do que havia sido aprovado pelo Congresso Nacional no ano passado (R$ 1.008). A redução foi justificada pela queda da expectativa da inflação de 2018. O Boletim Focus, do Banco Central, divulga as previsões da inflação para o próximo ano de acordo com as movimentações do mercado. No dia 3 de dezembro de 2018 a expectativa reduziu de 4,25 para 4,01%.

O salário mínimo é usado como referência para os benefícios assistenciais e previdenciários. Ele é corrigido pela inflação do ano anterior, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB).

Matérias relacionadas