Economia

Salário mínimo vai subir, sem ganho real para o trabalhador

O Nossa Nerópolis noticiou na última semana que o ministro da Economia, Paulo Guedes, havia proposto uma nova fórmula para o cálculo do aumento do salário mínimo, levando em conta apenas a inflação do período. A proposta foi aceita pelo presidente Jair Bolsonaro e enviada ontem (15) ao Congresso Nacional.

O projeto prevê que o salário mínimo em 2020 seja de R$ 1.040, sem ganho real para os trabalhadores. Mesmo com essa redução e mudança na forma de calcular o aumento do mínimo o Governo Federal acredita que o rombo nas contas públicas continuará aumentando, a previsão é que os atuais R$ 110 bilhões passem para R$ 124,1 bilhões.

Tudo isto está proposto na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que ainda depende da aprovação do Congresso. O fim do aumento real do valor do salário mínimo está contido no projeto do ministro Paulo Guedes para uma ampla desvinculação do Orçamento da União, que deverá ser explicado posteriormente nas comissões da Câmara dos Deputados.

Matérias relacionadas