Notícias

Troca de tiros entre a Rotam e grupo que praticava roubo de veículos acaba em morte

A Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) estava em busca de uma quadrilha suspeita de roubo de carros na Grande Goiânia. Os policiais perseguiram o grupo desde o Setor Jardim Dom Bosco em Aparecida, passando pelo Residencial Rio Verde em Goiânia, até a cidade de Nerópolis, próximo ao Bairro Morumbi, saída para Nova Veneza.

Houve troca de tiros nos três setores mencionados. A quadrilha recusou a se entregar e abriram fogo contra os policiais. Nas trocas de tiros os suspeitos levaram a pior e alguns deles morreram. Em Nerópolis, eles novamente abriram fogo contra a Rotam que revidou e matou Reginaldo Mathias Pereira Neto, de 35 anos.

Reginaldo tinha uma extensa lista de passagens pela polícia. Entre os crimes praticados estava: homicídio, lesão corporal, ameaça, roubo, receptação, falsidade ideológica, desacato, porte ilegal de arma de fogo, tráfico e receptação de drogas. Ele também fazia parte de uma quadrilha de roubo de carros que atuava em Goiás e em São Paulo

Matérias relacionadas